10/01/2008


Grupo Coral e Etnográfico “Os Cardadores”

O Grupo Coral e Etnográfico “Os Cardadores” foi fundado a 16 de Março de 2001, com o objectivo de envolver a população da aldeia na realização de eventos culturais.
Na primeira reunião compareceram pessoas de ambos os sexos, mas como era difícil enquadrar o tom de voz das mulheres como o tom de voz dos homens, optou-se por um grupo só com elementos masculinos.
A denominação “Os Cardadores” (homens que a seguir à tosquia, entre a monda e a ceifa, tratavam da lã, cardavam-na às pastas e faziam os arrátes, que depois passavam para as mãos sábias das tecedeiras, que teciam as mantas tradicionais), deve-se ao facto de, antigamente, cerca de 90% da aldeia da Sete trabalhar a lã (os homens cardavam para as suas mulheres tecerem as mantas para depois vender na Feira de Castro).
Relativamente à sua farda, esta é de cotim castanho, calça de trabalho, camisa de riscado das ceroulas com peitilho e presilha para abotoar o botão das ceroulas aberta até ao meio e sem colarinho, colete de pano e riscado, blusa aberta com bolsos e colarinho, lenço quadrejado castanho, chapéu preto alentejano de aba larga, bota de vitela e de sola batida tradicional.
Actualmente, o grupo é composto por 26 elementos e tem um reportório de 35 modas, todas do Cancioneiro tradicional e cânticos religiosos (cante ao menino, janeiras, reis e cante para pedir chuva).
Editou-se um cd em Julho de 2003, com 12 temas (10 modas do Cancioneiro tradicional, cante ao menino e Oração das Almas, a que se denominou por “Moda dos Cardadores”).

1 comentário:

Jota disse...

Obrigado Pedro Mestre, pelo trabalho em que estás envolvido! Alguém disse ser o Povo Alentejano o mais musical deste país que somos, e eu concordo plenamente. Não é por tb ser alentejano, julgo eu, mas pela grandeza da musicalidade do cante mas tb dos falares - a pele de galinha forma-se inevitavelmente...Pedro, continua a tua obra.